Saúde

MANCHAS MONGÓLICAS: O QUE SÃO?

21/03/2018 15h27

As manchas mongólicas são aquelas manchas pigmentadas que costumam estar na pele dos bebês logo ao nascimento. Mais frequente nos recém-nascidos asiáticos, hispânicos e de raça negra. São menos comuns nos bebês caucasianos. No Brasil, devido grande miscigenação, pode aparecer em qualquer bebê. Com aparência semelhante a um “hematoma”, que parece na pele em resultado de queda ou lesão, podem ser confundidas com uma contusão provocada pelo parto quando o recém-nascido é observado logo após o nascimento.

As manchas são causadas por células da pele produtoras de pigmento (melanina) que não migraram para a posição normal durante o desenvolvimento uterino.

São benignas e não representam qualquer risco para a saúde do bebê não tendo relação com síndromes genéticas.

As manchas mongólicas podem assumir várias tonalidades: azulado, azul acinzentado, arroxeado ou esverdeado. Também podem ser de tamanho variável e aparecer em diferentes partes do corpo do bebê. Não provocam dor nem coceira. Podem surgir em várias zonas do corpo do bebê como nádegas, fundo das costas ou zona lombar. Com menor frequência, aparecem nos braços, pernas, ou ombros.

O diagnóstico é muito simples, sendo realizado através do exame físico durante uma consulta de Puericultura.

Como são marcas de nascença inofensivas e benignas e não representam risco para a saúde do bebê não necessitam de tratamento.
Normalmente, as manchas desaparecem com o tempo ao longo dos primeiros anos de vida.

Restou alguma dúvida? Alguém aí já passou por isso com seu bebê? Deixe abaixo seu comentário! Compartilhe conosco!
Um grande abraço e até logo!